Início Conselho Brasileiro de Oftalmologia








5 usuário(s) online



Busca  
Login  






3/1/2007
Encontrando um Deficiente Visual

Trate-me como se eu fosse qualquer pessoa. Eu faço as mesmas coisas que você, mas às vezes uso técnicas diferentes.

Fale em um tom normal de voz. A cegueira não é igual à perda de audição.

Fale diretamente a mim, não a meu companheiro. A perda da visão não é perda de intelecto.

Ao aproximar, identifique-se; ao se retirar, esteja certo em mencionar que você está saindo. Dirija-se a mim pelo nome, assim eu saberei que você está falando comigo.

Não se preocupe em usar palavras comuns, diárias e as frases como o "olha”, “vê" ou "assista a televisão" em torno de mim.

Se eu olhar como se eu estivesse necessitando um auxílio, pergunte. Eu lhe direi se precisar. Se eu estiver a ponto de encontrar uma situação perigosa, pode me avisar, de uma maneira calma e clara.

Peça, “você gostaria de que eu lhe guiasse?" Oferecer seu cotovelo é uma maneira digna e eficaz de conduzir alguém que é cego. Não esteja receoso em identificar-se como um guia inexperiente e pergunte dicas em como melhorar.

Se você me deixar sozinho em uma área estranha, certifique-se que está perto de algo que eu posso tocar -- em uma parede, uma mesa, um corrimão, etc. Ser deixado em um espaço vazio pode ser muito incômodo.

Seja atencioso. Se você observar um ponto ou uma mancha em minha roupa, diga-me confidencialmente, do mesmo jeito que você gostaria de ser avisado.

Esteja certo em dar direções úteis. As frases como "através da rua" e "esquerda na próxima esquina" são mais úteis do que descrições vagas como “lá”.

Em um restaurante, dê direções claras aos assentos disponíveis. Sua oferta para ler o cardápio em voz alta pode ser apreciada, mas você não deve supor que eu não queira requisitar meu próprio alimento.

Quando o alimento chegar, pergunte se eu gostaria de saber o que tem no meu prato. Você pode descrever a posição dos alimentos usando as posições do relógio: "seu café está em 3 horas"; "o açúcar está em 1 hora”.

Deixe todas as portas abertas ou todas as portas fechadas – portas ou armários meio abertos podem ser perigosos. Não mude os móveis ou pertences pessoais sem me contar.
Seja sensível ao questionar-me sobre minha cegueira. Esta é uma informação pessoal e os limites devem ser respeitados.




           


<< Anterior Índice Próximo >>


Mais Recentes:
16/11/08 - Que você faz quando encontra uma pessoa cega?
16/11/08 - Lentes: contato imediato
16/11/08 - Alfabeto Braille
20/05/08 - Inverno: Olhos ficam mais vulneráveis durante a estação
20/05/08 - Degeneração macular: Doença pouco conhecida afeta milhões em todo o mundo